Livro: Se eu ficar


Olha só quem veio com mais uma resenha? Isso ae, a Nay -uhu-, hoje vim falar de um livro que a capa me chamou muita atenção, muita mesmo, mas demorei de ler, talvez uns dois meses parado na minha estante, me arrependo disso viu? E foi o MLI que me tirou disso, obrigada seus lindos! Continuando, li ele em um dia, na verdade umas quatro horas, esqueci do mundo e me dediquei a leitura! O livro ganhei da minha vozinha linda! Agora vamos a resenha:


A história começa em um dia normal de inverno, onde cai uma grande nevasca que acaba fazendo com que as aulas suspensas. A personagem principal é Mia, uma garota nerd e super quieta, onde tinha poucas amizades, e que tem uma grande paixão: Seu Violoncelo; onde toca desde pequena. Seus pais estão totalmente diferente dela, e bem atuais, onde são mega descolados e super divertidos. Eu particularmente amei essa família, sério! 
Com a grande nevasca a família de Mia decide ir visitar os avós, na cidade vizinha, e mais tarde mia iria para um dos show de Adam, seu namorado, que por sinal, ela não sabe porque ele ainda está com ela, já que Adam é bonito, descolado, integrante de uma banda, inteligente e engraçado.
 Mia lembra que estava escutando musica clássica, porém aconteceu muito rápido, uma hora estava decidindo qual seria as notas, e que iria rever seus avós e amigos, e na outra hora se vê em um ambiente gelado, onde consegue localizar seus pais, e a si própria estirados no chão. Mia consegue acompanhar tudo, desde quando os paramédicos chegaram e tentaram reanimá-la, acompanha a sua chegada no hospital, a cirurgia que tivera de fazer, conseguiu ver de tudo, até sua entubação e depois cheias de fios pelo corpo. Até então ficará pensando em seu irmão, onde será que estava? Resolve procura-lo, mas percebe que encontra apenas seus Tios, seus Avós, Kim, sua melhor amiga, e Adam, ela consegue ver tudo, ouvir tudo, fazer de tudo, só não pode ser vista, ela estava completamente invisível! E em meios de tudo que aconteceu temos também os flashblacks de Mia com a sua família, de Mia com Adam, e de Mi com Kim.. Mia escuta uma frase que faz ela ficar por horas pensando: 
"Você acha que cabe aos médicos, aos medicamentos e as maquinas, mas se você fica ou se você vai, a decisão é sua"
Com essa frase Mia reflete, será que deverá ir embora? Será que vai conseguir ficar sem seus pais? Será que Adam ia sobreviver sem ela, já que ele demonstrou o quanto a amava? Será que é melhor viver sem dores, e com os pais no céu? Ou simplesmente aguentar as dores e ficar órfã? 

O livro me fez refletir muito, com ele percebi o quanto é importante estar com a família, amigos, e sempre dizer o quanto amamos, pois basta um segundo e tudo pode mudar! Com certeza esse é um dos melhores livros que já li! Recomendo a todos!







Espero que tenham gostado da resenha!! Beijos


2 comentários:

  1. Traducir todo aquí , amado pareció muy interesante , quiero que este libro ayer < 3
    Besos
    http://michelimartins2929.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias Guria, estoy muy contento de escuchar te gustó !!
      Besos <3

      Excluir

Olá venho visitar nosso Blog néh?

Que tal deixar seu comentario aqui em baixo em?
Mas lembre-se:
-Não xingar
-Não ofender ninguém
-Se quiser que retribua visita deixe link's no comentarios : )

A idade tão esperada - Todos os direitos reservados | Layout por Algodão Doce Design